Pages Menu
A experiência do intercâmbio em Freiburg

A experiência do intercâmbio em Freiburg

Bom, em Agosto termina meu intercâmbio, foram 14 meses que passaram extremamente rápido.

Como já contei no meu primeiro post no blog, já morei na Alemanha antes por mais de 3 anos, portanto não tive problema algum com adaptação, muito pelo contrário, já me senti em casa logo nas primeiras semanas. Freiburg já foi considerada a melhor cidade da Alemanha em qualidade de vida, com razão. Tudo funciona, a cidade é muito bonita, verde, e tem uma consciência ecológica acima da média. Além disso grande parte da população é formada por estudantes e sempre tem o que fazer por aqui no tempo livre.

Embora já tinha certo domínio do idioma antes do intercâmbio, percebo claramente uma fluência maior após este período. Não só o alemão, mas também tive uma melhora em outros idiomas como inglês e espanhol, pois tive contato com vários intercambistas de outros países, e muitos deles tem aulas apenas em inglês, portanto, não falam alemão com fluência, para mim foi ótimo!

Fiz milhões de amizades aqui. Infelizmente sei que com a distância, perderei contato com a maioria em breve, porém valeu a pena por esse tempo compartilhado!

No aspecto financeiro, a bolsa e os auxílios oferecidos pela CAPES são o suficiente para viver bem na Alemanha. Freiburg é considerada uma das cidades mais caras da Alemanha, principalmente se falando em moradia, então acaba não sobrando muita coisa no fim do mês. Porém controlando bem no dia a dia, é possível guardar o suficiente para participar de eventos ou fazer algumas viagens, por exemplo.

O único problema mais grave que tivermos aqui foi pela falta de comunicação entre a hKDM e a CAPES. Diferente da maioria das faculdades alemãs que participam do CsF, a hKDM é particular, e como o pagamento das mensalidades não estava sendo feito regularmente, passamos por algumas situações de cobranças nada agradáveis. Porém, agora no fim do intercâmbio parece estar tudo se resolvendo.

Se tratando de design, acho que pude ter uma evolução muito grande nesse período. Foi muito bom tomar uma distância da ED depois de 5 semestres intensivos de curso, e ter tempo para refletir sobre tudo que foi realizado durante esse período. Aqui tive liberdade para experimentar coisas novas, fazer novos contatos, participar de projetos e vivenciar a maneira como questões comuns do design são abordadas em um país extremamente diferente do nosso e com um histórico fundamental para nossa área.

Foi uma experiência fantástica para voltar ainda mais motivado para os últimos semestres do curso. Valeu a pena!

 

Brasileiros do CsF em Freiburg

Brasileiros do CsF em Freiburg