Pages Menu
Estereótipos, preconceitos e decepção atrás de decepção

Estereótipos, preconceitos e decepção atrás de decepção

Infelizmente, dessa vez não falarei de coisas boas sobre minha vida por aqui. Na verdade, tenho ficado extremamente triste e decepcionada. Eu já esperava pelo choque cultural, o que eu não esperava era tanta intolerância entre as pessoas. Uma intolerância escancarada e regada de preconceitos. Pessoas preconceituosas estão em toda parte. Isso está mais do que claro para mim agora que moro em um prédio com pessoas de todo mundo.

Dos holandeses ainda não tive nenhuma experiência ruim. Todos os que conheci até agora se mostraram pessoas absolutamente incríveis – só queria deixar isso claro porque sério, estou apaixonada pelos holandeses – mas de outras pessoas, em geral, tenho me decepcionado.

A ignorância de algumas pessoas a respeito dos brasileiros é uma coisa horrível, e infelizmente, tenho sentido isso na pele. Como por exemplo, uma pessoa me perguntou se tínhamos Starbucks no Brasil. Eu respondi que sim, em algumas cidades. Ela ficou bem surpresa, pois na cabeça dela brasileiros são tão pobres que não éramos capazes de frequentar um lugar como Starbucks. E uma brasileira que conheci aqui, disse que havia sido questionada por alguém porque ela era tão branca se era brasileira.

Pequeno diálogo que tive com um alemão

Pequeno diálogo que tive com um alemão

Tenho ficado indignada com várias experiências, mas sem dúvida a pior de todas foi quando voltando para casa com uma amiga européia, um grupo de homens bêbados se aproximou perguntando de onde éramos. Eu já sabia que os estereótipos a respeito da mulher brasileira seriam um problema, por isso menti minha nacionalidade. Minha amiga, achando que eu havia mentido como uma brincadeira, também mentiu, dizendo que ela era brasileira. E ocorreu o que eu mais temia. Os homens começaram a assediá-la imediatamente, dizendo o quanto amavam as brasileiras.

Os problemas não se restringem aos estereótipos ligados ao Brasil. É triste perceber o quanto a mentalidade de muitos, tanto homens quanto mulheres, é extremamente machista, e eles nem parecem se dar conta disso. Feminismo é visto por muitos como motivo de piada e descaso.

Por exemplo, uma menina que mora com dois homens no meu prédio, disse que estava triste, pois esperava mais uma mulher para ajudá-la a limpar a casa (!!!!!!!!!!!). Também já estou me habituando a frases como “você não é homem o suficiente” ou “você está agindo como mulher”.

Também ouço muitas vezes discursos descaradamente racistas, pessoas dizendo “eu não gosto de negros” com tom de desprezo e nojo. É um choque para mim como tantas pessoas podem ser tão racistas, e não perceberem o quão doentio é isso.

A homofobia também é muito comum. Em um dos meus primeiros dias aqui, eu estava com um colega quando passamos por dois homens de mãos dadas. A reação do meu colega, foi como se alguém o tivesse dado um tapa na cara, tamanha foi a sua indignação.

Eu tenho sido a chata, a que faz caso de tudo, a que sempre discute e apela. E sinceramente sinto muito orgulho disso. Me recuso a ficar calada no meio de todo esse absurdo. É um choque para mim estar vivenciando isso dessa forma, pois o meio social ao qual eu estava habituada, se constitui por pessoas engajadas, que de fato se importam e lutam contra esses problemas sociais. Eu realmente espero poder mudar, pelo menos um pouquinho, a mentalidade de algumas pessoas por aqui.