Pages Menu
Reconhecimento brasileiro

Reconhecimento brasileiro

Muitas vezes nos deparamos com os mais diversos estereótipos brasileiros, que são tomados como verdade pelos estrangeiros, em sua maioria negativos. Ao longo deste intercâmbio tive diversas experiências ruins com a imagem negativa que os italianos têm do Brasil. Muitas vezes, eu e amigos, nos víamos omitindo nossa nacionalidade com medo das possíveis reações. Seja na faculdade, onde muitas vezes fomos tratados como se não tivéssemos conhecimentos suficiente para estar ali, ou nos bares, onde as mulheres são tratadas como objetos, ou até mesmo entre colegas que mostram uma imagem totalmente errada da cultura brasileira.

Foi por esse motivo que me surpreendi e me encantei em duas ocasiões, que mostraram respeito e reconhecimento dos talentos brasileiros. No final do mês de abril fui à cidade de Milão para um evento dos grafiteiros paulistanos OSGEMEOS, se tratava da inauguração de um painel feito por eles em um armazém. O evento se realiza em local de difícil acesso, por isso não esperava que houvessem muitas pessoas, mero engano, a fila de entrada estava enorme e o local repleto de pessoas que admiravam o painel e aproveitavam a festa. O mais surpreendente foi que o lugar estava repleto de italianos, além de pessoas de outros países, todas juntas ali para prestigiar algo do nosso país, algo que nem mesmo nós brasileiros damos o devido mérito.

Foi um evento incrível, muito bem organizado e tranquilo, cheio de respeito e admiração com os artistas.

Mural feito pelos OSGEMEOS em Milāo

Mural feito pelos OSGEMEOS em Milāo

Outro momento que me surpreendeu foi o show do Caetano Veloso e Gilberto Gil da turnê “Dois Amigos Um Século de Música”. Por mais que ja soubesse que eles sāo conhecidos e mundialmente prestigiados, nāo esperava que o show fosse tāo bem cotado. O evento, em Roma,  teve lugar no Parco della Musica, um auditório incrível, projetado pelo famoso arquiteto Renzo Piano. Os ingressos foram vendidos rapidamente e no dia do show o auditório estava repleto. As canções mais tradicionais e conhecidas eram acompanhadas na voz de brasileiros e também de italianos, com seu português meio errado. Ao se comunicar com o público, Caetano Veloso falava em italiano, o que fazia com que a platéia aplaudisse todas as vezes. Quando a dupla cantou a música “Come Prima”, em italiano, foram acompanhados do início ao fim. Nāo foi nada comparado com um show no Brasil, claro, pois todos ficavam sentados em seus lugares e nem mesmo nas músicas mais animadas dançavam, mas era claro o respeito e admiraçāo por aqueles dois artistas, aplaudidos de pé, com direito a duas vezes bis.

Caetano Veloso e Gilberto Gil

Caetano Veloso e Gilberto Gil

Interior do Parco della Musica

Interior do Parco della Musica

Em momentos como estes pude perceber que nem só de pobreza e nudez é feita a imagem do Brasil para os Italianos, por mais que aconteça com alguns. Há também um respeito e apreciação da nossa arte tāo grande que foi de fato muito inesperado. Em momentos como esse, podendo prestigiar de outras partes do mundo, artistas tāo talentosos como estes, faz-se muito mais fácil orgulhar-me de minha nacionalidade.