Pages Menu
Se conhecer

Se conhecer

Vim para esse intercâmbio com muitas expectativas, ansiando por descobrir e aprender sobre coisas novas. Muitas dessas expectativas foram correspondidas, outras nem tanto. Mas há também coisas que não imaginava que iria conhecer durante esse um ano vivendo no exterior. E com isso não quero dizer países ou cidades que visitei, nem matérias novas que fiz na faculdade, ou pessoas que me tornei amiga, ou novos hábitos que adquiri. Conheci eu mesma. Sim, durante esse tempo pude me conhecer muito mais do que qualquer outra coisa.

Quando nós embarcamos nessa jornada, ganhamos a oportunidade de começar tudo novamente, vamos para um lugar totalmente novo, com pessoas que não te conhecem. Ganhamos um ano para tentar das mais diferentes formas possíveis, tentar um novo corte de cabelo, tentar uma combinação de roupa ousada, tentar dizer aquilo que você antes só pensava, tentar cantar em um palco, tentar mostrar um desenho, tentar varias coisas que antes tínhamos medo. Afinal aqui nos sentimos seguros para tentar, pois nós lembramos o tempo todo que não iremos ver essas pessoas de novo e passamos a não nos preocupar com seu julgamento. Então percebemos que na verdade nunca deveríamos ter nos preocupado com isso em primeiro lugar. Então você ousa mais, você arrisca mais e você começa a se conhecer mais. Você descobre coisas que você gosta, coisas que você não suporta e coisas que te fazem bem.

Você passa a se conhecer nas coisas que te tiram da cama, nas coisas que te fazem falta, como eu que sempre me considerei uma pessoa do frio e aqui me vi ansiando para o verão voltar. Você descobre que gosta mais do ar livre, que você tem dom na cozinha, ou que é bagunçada. Quando podemos fazer nossas próprias regras passamos a descobrir coisas na gente que nunca imaginamos. E como é bom se conhecer, passamos a aceitar mais nossos limites e nossas vontades e por consequência ficamos mais felizes e em paz.

Acredito que seja por isso que as pessoas voltam tão mudadas de seus intercâmbios. Pois elas tentam coisas novas, gostam ou nāo, se descobrem mais e se ajustam mais a quem sāo. Acho que voltam mais si mesmas do que jamais foram.