Pages Menu
Sempre aprendendo em Londres

Sempre aprendendo em Londres

Faz quase três meses que estou aqui. Passou tão rápido, eu lembro como se fosse ontem eu contando os dias pra vir. E o tanto que eu pensava “nossa, tá longe ainda, vai demorar pra chegar” e agora já estou em Londres, e já se passaram quase três meses. Mas se eu parar pra pensar parece ter sido muito mais do que isso. Dois meses não são nada, mas eu já fiz tanta coisa e aprendi tanto que realmente parece bem mais.

Vista da minha janela

Vista da minha janela

Eu acho que a coisa mais importante que aprendi aqui até agora foi a me virar sozinha. Não é que antes eu não fazia nada sozinha, mas é diferente quando você tem sempre seus pais e irmãos do seu lado. Aqui não. E na verdade não está sendo uma experiência ruim, eu fiz amigos maravilhosos nesse lugar, mas não deixo mais de fazer as coisas por falta de companhia. Se tiver algum show que quero ir que ninguém mais queira, eu vou. Se tiver algum lugar que eu queira visitar em um dia que só eu posso, eu vou também. É sempre bom ter companhia com você, mas nunca deixe de fazer algo por causa de outra pessoa.

Bolhas de sabão

Bolhas de sabão

Acho que meus maiores acertos ainda estão atrelados à minha timidez. Acho que isso reflete no tanto que eu escrevo também. Não sou tão boa com blogs e contar da minha vida, desculpa! Preciso ser mais cara de pau às vezes, obviamente não no mal sentido, hahaha. Mas estou muito feliz que agora vou ter um tempo antes das aulas voltarem a começar, e vou poder aproveitar com meus amigos e viajar e conhecer novos lugares acrescentando mais ainda a essa experiência incrível.

Luzes de natal da Oxford street

Luzes de natal da Oxford street