Pages Menu
Service Design Project!

Service Design Project!

Assim como já falei antes, meu curso de Design de Produto aqui na Suécia possui quatro ênfases em design. Agora cheguei no mais aguardado: Service Design. Mais aguardado porque sempre tive a curiosidade pra saber como funciona o design process para um serviço, o que inclui: mapeamento, análise de público-alvo, implementação de  melhorias, ferramentas utilizadas ao longo do processo, e por aí vai. No final a lógica é bem diferente do que para  desenvolver um produto.

Como kick-off nesse projeto, recebemos a tarefa de fazer um Service Safari, analisando todos os passos tomados quando se contrata um serviço, seja ele pedir um café ou uma reserva de hotel. O porquê disso vêm dessa doutrina de ”descubra por por você mesmo” ensinada aqui.

Sem saber ainda sobre o que se tratava o projeto, tivemos também uma visita a Vindeln, cerca de 60km de Umeå. (Enquanto a neve derretia em Umeå, tentávamos andar em meio a neve de 80cm de altura).

Mapa Umeå-Vindeln

Mapa Umeå-Vindeln

Ter esse contato direto e entender como funciona a indústria florestal aqui na Suécia, visitando a floresta, proporcionou um entendimento muito mais tangível do que visitar sites e assistir alguns slides, obviamente. Tivemos uma introdução sobre os tipos de plantação, como as áreas nas florestas são divididas em termos de tipo de cultivo e donos, quem são os responsáveis por manter cada área, quem são os donos, como funciona a comunicação entre as partes envolvidas, etc.

Como funciona a extração de madeira

Como funciona a extração de madeira

Aprendendo sobre sementes

Aprendendo sobre sementes

 

Floresta em Vindeln

Floresta em Vindeln

Em resumo rápido, a indústria florestal é dividida entre partes públicas e privadas. Como cidadão sueco, qualquer um tem o direito de comprar uma área e fazer o que quiser, dentro das possibilidades, das quais são: produção de madeira, construção, preservação de espécies locais e/ou em extinção, ou apenas manter a área protegida. Como proprietários tem-se os donos privados e, do outro lado, o Estado e a Igreja, detendo o restante da área.

Voltando à viagem, assim como fomos à visita de campo, também conhecemos a empresa em parceria com esse projeto, Skogs Tekniska Kluster (Grupo de Tecnologia Florestal) que envolve empresários e produtores de maquinário, pesquisadores na área de florestas e, por fim, os donos que não tem um total esclarecimento de como manejar corretamente a área que possuem.

Depois de toda a visita, o briefing proposto foi:

Services for Future Forestry

 A service design project exploring future forestry services and entrepreneurships in the value chains of the forest-based bioeconomy.

  Depois disso, seguem quatro semanas de trabalho pesado em um grupo de quatro pessoas: duas semanas de pesquisa, uma e meia para propor alternativas e três dias para materializar tudo isso. As duas semanas de pesquisa serviram pra entender de fato como toda a indústria funciona, e isso vai de como manejar sementes até participação da União Européia no meio disso. Essa parte foi sobre processar todo esse conhecimento e viabilizar a comunicação com os clientes. A rotina nessas duas semanas foi basicamente de 9h às 16h, com muitas discussões em grupo, organização de dados, brainstormings e workshops.

Para a elaboração de alternativas, foi muito, mas muito importante, ter a parte de pesquisa bem definida e abrangente, pois tivemos muitas areas de interesse e foi bem difícil no final decidir entre elas. Essa parte teve basicamente o mesmo que a parte de pesquisa, com a diferença que, tivemos prototipagem e testes com os usuários e também sessões de feedback durante a semana para avaliar como andava o projeto e mostrar algumas conclusões.

Já nos últimos três dias vem a parte boa de trabalhar em grupo e poder dividir tarefas. No final produzimos três vídeos – um sobre o processo, um explicando o conceito e outro uma espécie de comercial para a solução, modelos, apresentação e um conceito final.

Depois de tanto falado, ainda não é possível mostrar tudo que foi feito, e por motivos de processo de apresentação ainda em andamento, mas posso mostrar o que já foi terminado, que é um vídeo sobre o processo em geral. Garanto que assim que estiver no meu portfólio eu apresento tudo, em setembro deste ano.


Tack, hej då!