Pages Menu
Vencendo os medos

Vencendo os medos

Como eu disse no último post, tive minha semana de entrega de trabalhos, e fiz a minha primeira apresentação oral em inglês. E o que tenho pra dizer é que foi BEM mais fácil do que eu imaginava! Estudar aqui é como estar no MasterChef Junior, as pessoas são tão boazinhas, tão preocupadas em não magoar os nossos sentimentos, e elogiam tanto a nossa coragem de ter saído de casa e estar aqui, que mesmo agarrando na apresentação, foi tanto apoio moral que o desespero foi todo embora, ahahaha! E só pra explicar melhor o “MasterChef Junior” ahahaha, aqui os alunos não se vêem como competidores no mercado de trabalho, eles são só coleguinhas! E eles tentam ao máximo fazer com que todo mundo esteja confortável o tempo todo. Na minha apresentação eu esqueci trocentas coisas, fui e voltei slide, e quando acabei os coleguinhas sorriram e disseram: Não se preocupa, deu pra entender tudinho! Adorei aquele pôster… e frases motivacionais diversas.

Acho que como todo mundo na minha sala é beeeem mais novinho que eu, eles têm um respeito, ou sei lá… Mas me tratam como se eu fosse de vidro e fosse quebrar se eles nao entenderem alguma coisa que eu disser no meu inglês tupiniquim. <3

Sobre os trabalhos foi tudo tranquilo. Corrido e caro como por aí mesmo, mas beeeem mais tranquilo.

Sobre visitar Londres, tive que segurar o coração! Chorei gente… Chorei igual criança! Ahahaha

Sobre visitar Londres, tive que segurar o coração! Chorei gente… Chorei igual criança! Ahahaha

Primeira vez que andei no ônibus de dois andares, que peguei metrô, que andei pelas ruas cheias de neblina e que vi tanta coisa que eu achei que nao veria nunca na vida… Que o coração ainda não consegue lidar e acreditar que estou aqui…

Com tanta coisa pra ver no Museu Britânico, eu nao consegui parar de olhar pro teto e pensar: eu to aqui mesmo?

Com tanta coisa pra ver no Museu Britânico, eu nao consegui parar de olhar pro teto e pensar: eu to aqui mesmo

Ficamos em Londres um fim de semaninha, mas mesmo assim, foi mágico! Fomos a todos os lugares que os turistas vão, e foi exatamente como eu tinha imaginado… tudo lindo!

Igual um pinto no lixo no Palácio de Buckingham

Igual um pinto no lixo no Palácio de Buckingham

As coisas em Londres realmente são muito mais caras que aqui em Lincoln, e a cidade e extremamente mais movimentada, mesmo a gente estando em um bairro mais distante de onde tudo acontece. E novamente, certeza que escolher Lincoln foi a melhor opção pra mim. Obviamente que lá tem muito mais opções, e tudo mais… Mas tem muito mais distrações também!

Carinha inchada não crendo que tava vivendo a realidade

Carinha inchada não crendo que tava vivendo a realidade

Agora começou a chegar o frio por aqui e disseram que esse fim de semana agora vai nevar! Tenho roupas pra neve? NÃO! To animada mesmo assim? SIM!

Vai ser a primeira vez que vou ver neve, e a primeira vez que vou poder ver um Black Friday de verdade, ahahaha! Mas sobre as impressões gerais daqui, as pessoas são até mais sociáveis do que eu imaginava, os professores fazem praticamente o acompanhamento psicológico com os alunos, e nos ajudam em qualquer tipo de assunto possível. Quem sumiu mesmo foram os responsáveis pelo CsF daqui, ninguém sabe, ninguém viu. O CNPq não responde e-mails e estamos começando a ficar preocupados com a questão dos estágios.

Mas tirando esses mínimos detalhes, estar aqui é ótimo, o frio vai ser uma coisa simples de lidar no fim das contas e esse Natal vai ser o mais inesquecível que eu já tive. E eu amo todo mundo que tá aí no Brasil, e to com saudades sim.. Mas não to querendo voltar ainda não, ahahaha!